O que é o projeto By my side?

Conheça um pouco mais sobre nossa história e o que já fizemos

COMO TUDO COMEÇOU

Tudo começou em 2017, durante a “epidemia” de suicídios pelo game “Baleia azul”. Na época, várias crianças e adolescentes tiraram suas vidas, o que chamou muito a atenção do Mário Freitas, fundador e embaixador do projeto By My Side.

Em resposta a isso, criamos um projeto inicialmente denominado “#re.invente”, para reinventar / ressignificar conceitos, sentimentos, atitudes e valores.

À partir de recursos próprios, com o apoio do Instituto Algar e de outras empresas de Uberlândia, fizemos nossa primeira viagem até Pará de Minas (primeira cidade mineira a ter uma vítima do game baleia azul), onde conversamos e distribuímos material educativo a 60 adolescentes atendidos pelo instituto.

O balanço da viagem? Uma demanda gigantesca e assustadora, muito maior do que supúnhamos. 

O problema era maior e mais profundo, porém, constatamos que a solução poderia ser simples! Então reinventamos / ressignificamos o próprio projeto e assim nasceu o By My Side!

Nosso propósito

O projeto By My Side possui dois objetivos principais que são:

Combater o suicídio de crianças e adolescentes

Conscientizar, incentivar e inspirar as pessoas sobre a importância da qualidade nos relacionamentos familiares para a prevenção do suicídio.

Dar visibilidade ao CVV

Divulgar o CVV (Centro de Valorização da Vida), um canal de ajuda gratuito para pessoas que estão passando por dificuldades e pensam em suicídio.

O símbolo do projeto

“Um pai, um filho, uma moto, um sidecar e uma mala cheia de esperança!”

Queríamos encontrar um elemento visual forte, algo diferente, que chamasse a atenção e que desperte, de imediato, sensações e questionamentos. Que estabeleça uma referência instantânea com o tema.

E assim chegamos ao veículo dessa aventura:

A moto: Um objeto lúdico, símbolo de liberdade, coragem, ousadia e, por que não, risco. Mas até aqui tudo soa bastante normal.

O sidecar: Isso sim não é algo muito comum pelas estradas de nosso país! Um objeto icônico, desafiador, curioso e arriscado, como a vida!

By my side - foto 1

Os dois juntos (moto + sidecar) passam a sensação de cumplicidade, companheirismo e amizade, assim como as relações familiares devem ser!

Esses elementos reunidos resultaram no ícone que buscávamos, trazendo uma visão inspiradora e emotiva, mostrando que juntos conseguimos viver melhor!

O que já fizemos

O Projeto By My Side existe desde 2017 e a seguir estão algumas ações que já fizemos:

Na primeira viagem do projeto fizemos uma palestra em Pará de Minas (primeira cidade mineira a ter uma vítima do game suicida “Baleia Azul”) para 60 jovens atendidos pelo Instituto Algar.

Nessa palestra mostramos para essas crianças e adolescentes que ainda há esperança e que existem canais de ajuda disponível.

Fizemos também uma ação em conjunto com a empresa Sankhya sobre a conscientização do uso dos celular.

Produzimos um filme onde alertávamos sobre alguns riscos que o uso excessivo da tecnologia pode trazer para as relações familiares.

Realizamos uma campanha no mês das crianças com os shoppings da BRMalls em Belo Horizonte, também sobre a questão do uso do celular.

Nessa ação convidamos pais e mães que estavam com seus filhos a deixarem o celular de lado por um instante e se conectarem com seus filhos.

Essas foram algumas das ações que já realizamos, mas não paramos por aqui. A luta contra o suicídio de crianças e adolescentes no está apenas começando.

Acreditamos que a qualidade nas relações familiares é uma vacina contra o suicídio e que a luta contra esse mal começa com pequenas mudanças dentro de casa.

É isso que o Projeto By My Side vem promover, a importância de estarmos ao lado daqueles que queremos bem!

PRECISA DE AJUDA?

Você está triste, sem esperança, cansado da vida ou com vontade de desistir de tudo?

Em alguns momentos da vida é normal se sentir assim, pensar em suicídio faz parte da natureza humana.

No Brasil, se colocarmos 30 pessoas em uma sala, 5 delas já pensaram em se matar. Mas com a ajuda certa, 90% dos suicídios podem ser evitados.

O que acha de conversar com alguém que pode te ajudar?

O CVV conta com voluntários treinados para conversar com todas as pessoas que procuram ajuda e apoio emocional, garantindo sigilo sobre tudo que for dito.

Então, se precisa de ajuda, entre em contato com o CVV.

ou ligue para 188